RAPAZ DEIXA VÍDEO-GAME LIGADO POR 20 ANOS (!?!?!), PARA NÃO PERDER SAVE

“Para burlar o sistema do videogame, rapaz decidiu fazer o bizarro sacrifício. ”

O inusitado caso do rapaz de nome Wanikun vem rodando as redes sociais há alguns dias. O rapaz afirma ter deixado seu SUPER FAMICON, versão japonesa do famoso SUPER NINTENDO, ligado por aproximadamente 20 anos, o motivo? Oras, para não perder o save do jogo clássico “Umihara Kawase”.

O tweet que deflagrou o caso bizarro.

O tweet que deflagrou o caso bizarro.

O jogo, que por sinal é muito bom, demorou a ser lançado no ocidente, mas conseguiu fazer um nome com os “gamers” que tinham acesso a jogos importados, tendo inclusive sido lançado há um tempo, uma versão para PC com os estágios clássicos (que fizeram a cabeça de Wanikun).

O site da Rede TV, trouxe detalhes técnicos sobre os motivos que levaram o “gamer” a fazer isso:

“O Super Famicon utiliza memórias SRAM (Static Ram) com uma combinação de baterias íon-lítio para guardar as “aventuras” dos jogadores. Por isso, quando os cartuchos ficam algum tempo desligados, a carga de memória do jogo esgota, o que enfurece e entristece os gamers.

O velho, bom e resistente cartucho...

O velho, bom e resistente cartucho…

Para “burlar” este erro e manter seu “save” intacto, o rapaz tomou uma atitude inusitada: manteve seu console ligado por mais de duas décadas. Ele afirmou, em sua conta no Twitter, que desligou o videogame apenas uma vez durante esse tempo, quando teve de mudar de casa.

Apesar da dura batalha para conseguir preservar o “save”, Wanikun acabou comprando mais um jogo da franquia, mas agora na versão do PS Vita, da Sony.”

O "GUERREIRO"

O “GUERREIRO”

Outra informação relevante, é que SIM, o SUPER FAMICON ainda funciona e muito bem …Agora imaginem uma situação dessa no Brasil? Com as constantes quedas de energia e apagões?

Quem entende japonês e tem conta no twitter, acesse o perfil do “maluco”, que é nada mais nada menos que @UmiharaKawase (https://twitter.com/UMIHARAKawase).

Quem não conhece o jogo que fez o rapaz dedicar 20 anos e uma conta de luz considerável, veja o vídeo abaixo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Required fields are marked *

*